Return to site

Felipe Rigoni entra com ação popular contra corte de recursos na educação

“Vamos utilizar as ferramentas legais para questionar decisões equivocadas e sem base técnica. É preciso gastar melhor, isto é, investir com projetos e metas

· educação

O deputado federal Felipe Rigoni (PSB-ES), acompanhado da deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) e do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), entrou com ação popular na Justiça para pedir a anulação do corte de 30% no repasse para universidades e institutos federais de educação.

Os parlamentares, que dividem um gabinete compartilhado em Brasília e são cofundadores do Movimento Acredito, também pretendem entrar com representação no Ministério Público solicitando investigação sobre a legalidade do ato. Para o deputado federal capixaba, a decisão é um retrocesso.

“Vamos utilizar as ferramentas legais para questionar decisões equivocadas e sem base técnica. É preciso gastar melhor, isto é, investir com projetos e metas, mensurar resultados e aperfeiçoar o que não está bom. Simplesmente cortar verbas é atrasar o desenvolvimento do país”, argumenta Rigoni.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly